Fato ou ficção? Separando mitos e verdades sobre o Windows 10.

Windows 10Chegou o momento de esclarecer alguns rumores sobre o novo sistema operacional da Microsoft, que chegou ao mercado no dia 29 de julho.

Após o lançamento do Windows 10 é hora de esclarecer alguns rumores sobre o novo sistema operacional da Microsoft. Não que isso deva gerar surpresas em alguém, informações erradas andam circulando e algumas têm o potencial de influenciar a decisão do consumidor. A seguir, seis verdades e seis mentiras sobre o software.

Fato: Windows 10 será gratuito para usuários das versões genuínas do 7 e do 8.1

Caso você possua um Windows 7 Service Pack 1 ou Windows 8.1 e passe no teste de originalidade, então se qualifica para a atualização gratuita para o novo sistema operacional. Para confirmar que seu aparelho roda uma versão original, vá até Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema. Na parte de baixo da tela, deve estar escrito “Windows ativo”. Você tem até 29 de julho de 2016 para solicitar a atualização.

Ficção: Após 29 de julho de 2016, você precisará pagar para manter o 10 atualizado

Esse é, possivelmente, o boato mais malicioso em circulação. Ele já foi abordado por diversas notícias, sendo sempre negado pela Microsoft. Você não estará alugando o novo sistema operacional. Uma vez atualizado para a nova versão, você continuará recebendo os patches e atualizações sem custos extras.

Fato: Você pode atualizar diretamente da versão para testes para a edição RTM

É a primeira vez na história que os usuários de testes poderão atualizar diretamente da versão beta para a final sem limpar completamente seus sistemas no processo, mas ainda é recomendada uma “instalação limpa”.

Fato: O Windows Media Center será desinstalado quando você atualizar para o 10

A Microsoft anunciou oficialmente que o Media Center não estará no Windows 10 – o software será deletado como parte da atualização – mesmo que você tenha pago por ele em algum momento. Se servir de consolo, a companhia fornecerá um serviço de reprodução de DVD para qualquer um que tenha comprado o Windows Media Center.

Ficção: Você não consegue abrir backups do Windows 7 no novo sistema operacional

A Microsoft adicionou a capacidade de abrir backups do 7 no Windows 10, mas ainda não sabemos se todas as funcionalidades de backup da antiga versão estarão presentes – algumas foram eliminadas no Windows 8.

Ficção: Você precisará de uma conta Microsoft para instalar ou usar o Windows 10

Você conseguirá instalar o sistema operacional sem uma conta Microsoft, mas ainda não está claro se será possível atualizar as versões 7 e 8.1 do Windows nas mesmas condições.

Ficção: O novo sistema operacional será a última versão do Windows

É uma questão de marketing. Podemos vir a ter o Windows 10. 3.14.159 (ou algo do tipo), mas os números e pontos não importam: serão novas versões.

Fato e Ficção: Usuários “gratuitos” do Windows terão atualizações automáticas

A companhia anunciou que os usuários domésticos do Windows 10 seguirão seu calendário de patches e correções. Em termos práticos, é como se ativassem permanentemente as atualizações automáticas, que os usuários do Windows 10 Pro poderão recusar. Isso é substancialmente desagradável diante da frequência de emissão de patches de segurança previstas pela Microsoft.

Fato: A Microsoft tem um histórico de aprimoramento ruim

A empresa prometeu aprimorar o Windows 10 rapidamente. A meta pode ser nobre, mas não foi alcançada no passado. Quando o Windows 8 foi lançado, fomos assegurados de que os aplicativos principais – Mail, Calendar, People, Messaging, Maps – seriam melhorados com o tempo, o que não ocorreu. O mesmo foi prometido no lançamento do 7 e do 8.1, com pouco avanço.

Fato: A Patch Tuesday vai acabar

Isso já vem acontecendo. Os pacotes de atualização já saem em datas aleatórias há meses. A Patch Tuesday foi inventada para ajudar os administradores a acompanharem os lançamentos para máquinas corporativas. Resta saber se e como o novo Windows Update for Business ajudará nisso.

Ficção: Windows será “as a Service”

“Windows as a Service” é um nome errado que pode prejudicar a Microsoft ao levar os consumidores a indagarem quando pagarão pelo ciclo rápido de lançamento de apps.

Fonte: Digital Network

Anúncios

Sobre Ramires, F A. Borja

Sólidos conhecimentos em: GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS - Planejamento Estratégico Empresarial; - Balanced Scorecard (BSC); - Indicadores de Performance (KPI); - Avaliação de Potencial de Mercado; - Marketing Geográfico (GIS); - Business Intelligence (BI); - Inteligência Competitiva. GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA - Planejamento Orçamentário; - Plano de Negócios; - Análise de Custo, Volume e Lucro; - Ponto de Equilíbrio e Alavancagem Operacional; - Formação e Análise de Preços; - Retorno sobre Investimentos; - EVA, MVA, EBITDA e Fluxo de Caixa Descontado; - Risco de Crédito com Credit Score.
Esse post foi publicado em Tecnologia da Informação e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s