Proteste avalia dez colchões, mas apenas dois são considerados bons para uso

Colchoes-1A Proteste analisou resistência, dimensão e pureza da espuma e concluiu que cinco marcas utilizam retalhos de espuma

SÃO PAULO – Entre dez marcas de colchões testadas, oito foram reprovadas por apresentar densidade menor do que a indicada na embalagem. O teste realizado pela Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor revelou que apenas os colchões das marcas Ortobom e American Flex estão adequados para o uso.

Foram usados no teste dez colchões de casal de D33 (densidade 33) para saber se eles estavam de acordo com suas respectivas etiquetas, avaliando resistência, dimensão e pureza. Na avaliação, os produtos da Paropas, Gazin e Botafogo foram eliminados pois apresentaram densidades muito baixas. Confira na tabela:

Outros problemas
Os colchões de espuma, segundo a Proteste, não podem ser feitos de vários pedaços ou retalhos colados junto, ele deve ser um único pedaço de espuma. As marcas Orthocrin, Manes, Botafogo, Probel e Ortobom apresentaram problemas por ter produtos feitos de retalhos de espuma. Quanto à resistência, o Sonobello foi o com melhor desempenho, enquanto o Paropas teve o pior resultado.

Outra especificação que foi avaliada foi a pureza da espuma. Algumas empresas adicionam substâncias na espuma para gerar um falso aumento do material e da densidade do colchão. Neste caso, a Botafogo e Orthocrin foram as marcas com pior resultado, enquanto a Probel e Castor as mais bem avaliadas.

Cuidados
A Associação lembra que não é comprovado que colchões com magnetismo, raios infravermelhos longos, terapia quântica e vibroterapia tenham propriedades terapêuticas e de alivio da dor. Por isso o consumidor deve procurar um produto adequado para o seu peso e altura.

Por Juliana Américo Lourenço da Silva

Anúncios

Sobre Ramires, F A. Borja

Sólidos conhecimentos em: GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS - Planejamento Estratégico Empresarial; - Balanced Scorecard (BSC); - Indicadores de Performance (KPI); - Avaliação de Potencial de Mercado; - Marketing Geográfico (GIS); - Business Intelligence (BI); - Inteligência Competitiva. GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA - Planejamento Orçamentário; - Plano de Negócios; - Análise de Custo, Volume e Lucro; - Ponto de Equilíbrio e Alavancagem Operacional; - Formação e Análise de Preços; - Retorno sobre Investimentos; - EVA, MVA, EBITDA e Fluxo de Caixa Descontado; - Risco de Crédito com Credit Score.
Esse post foi publicado em Comportamento Humano e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s