Alpargatas negocia Osklen por R$ 120 milhões

A Alpargatas, dona da Havaianas, está perto de fechar a compra da grife de roupas Osklen, por algo em torno de R$ 120 milhões, segundo apurou o ‘Estado’. O negócio está quase concluído, mas o contrato ainda não foi assinado. Pelo acerto, Oskar Metsavaht, fundador da marca, deve permanecer como sócio da empresa e responsável pela área de criação.

De acordo com pessoas próximas da operação, a intenção da Alpargatas, empresa controlada pelo grupo Camargo Corrêa, é ampliar e diversificar seus nichos de atuação. “A marca é bem conhecida, tem boa margem e o Oskar é um sujeito altamente criativo”, afirma uma fonte a par do negócio.

Pesquisas de mercado indicaram que o estilo descolado chique da Osklen pode contribuir para ampliar a presença da Alpargatas entre o público de alto padrão, além de reforçar a marca no exterior. No ano passado, a Alpargatas faturou R$ 2,5 bilhões com suas linhas de calçados e artigos esportivos.

A Osklen tem 63 lojas no Brasil, além de unidades nos Estados Unidos, Itália, Japão e, mais recentemente, Argentina. Em novembro do ano passado, o empresário Oskar Metsavath disse publicamente que queria se associar a uma outra empresa para ganhar escala e expandir seu negócio internacionalmente.

O fundador da Osklen chegou a negociar com pelo menos quatro interessados: o grupo francês Pinault-Printemps-Redoute (PPR), dono da Gucci; o grupo LVMH, dono da Louis Vuitton; e a consultoria americana de marcas de luxo Marvin Traub, além da brasileira Alpargatas.

Desde o início, Metsavath queria vender o controle da empresa sem deixar definitivamente o negócio e, principalmente, a área de criação. Sem o fundador, a marca perderia sua essência, dizem analistas de moda. Foi ele quem imprimiu o estilo brasileiro (ou carioca) à Osklen e tornou a marca conhecida internacionalmente. A primeira loja da rede foi inaugurada em Búzios, em 1989, quando Metsavaht, então médico ortopedista, abandonou o consultório para fazer casacos de frio.

Para o consultor de moda Edson Daguano, a aquisição da Osklen pela Alpargatas faz todo sentido. “A Osklen quer se expandir internacionalmente, coisa que a Alpargatas mostrou que sabe fazer com a Havaianas”, disse. “E a Alpargatas, por sua vez, precisa oferecer produtos com maior valor agregado.”

Exterior. Desde o ano passado, o presidente da Alpargatas S/A, Márcio Utsch, tem dito ao mercado que está avaliando aquisições no exterior. O plano da empresa é ser global não só no segmento de calçados, mas também no de vestuário. “A vida não é só Havaianas”, diz Daguano.

Por meio de suas assessorias de imprensa, as duas empresas informaram que não comentariam o assunto.

Por Estadão

Anúncios

Sobre Ramires, F A. Borja

Sólidos conhecimentos em: GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS - Planejamento Estratégico Empresarial; - Balanced Scorecard (BSC); - Indicadores de Performance (KPI); - Avaliação de Potencial de Mercado; - Marketing Geográfico (GIS); - Business Intelligence (BI); - Inteligência Competitiva. GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA - Planejamento Orçamentário; - Plano de Negócios; - Análise de Custo, Volume e Lucro; - Ponto de Equilíbrio e Alavancagem Operacional; - Formação e Análise de Preços; - Retorno sobre Investimentos; - EVA, MVA, EBITDA e Fluxo de Caixa Descontado; - Risco de Crédito com Credit Score.
Esse post foi publicado em Segmento do Varejo e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s